<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11207300\x26blogName\x3dMindcast+Dig+Site\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://mindcastdig.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://mindcastdig.blogspot.com/\x26vt\x3d-7999537834503507058', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

terça-feira, junho 28, 2005

Novidades da Apple

Conforme anuncio, foram lancados hoje os novos modelos de iPod, agora todos os modelos (grandes) possuem tela colorida.
O modelo de 30Gb com tela colorida, antes vendido por U$349 foi tirado de linha. Agora a Apple conta com o modelo de 20Gb por U$299 e o modelo de 60Gb que teve um corte no preco para U$399.
O nome iPod Photo foi removido e os novos modelos suportam o Camera Connector, que permite transferir fotos de cameras digitais para o iPod.

Outra novidade foi o lancamento do novo iTunes 4.9 com suporte a PodCasts. Um novo menu com a seleção de diversas fontes foi incluido e uma listagem de Top10 esta disponivel.
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

terça-feira, maio 17, 2005

Sony mostra PS3 que chega em 2006

A Sony Computer Entertainment anunciou, em sua conferência, os primeiros detalhes do sucessor do PlayStation 2, oficialmente chamado de PlayStation 3. Também foi confirmado que a data de lançamento será em 2006. Nada foi dito sobre o preço do console.

A mídia será o Blu-Ray, que terá capacidade de armazenamento seis vezes superior aos atuais DVDs. O drive do PlayStation 3 poderá CR-ROM, CDR+W, DVD, DVD-ROM, DVD-R e DVD+R. Também foi confirmado que o console será retro-compatível com o PSone e PlayStation 2.

A Sony também detalhou algumas especificações técnicas do novo console. O processador será mesmo o Cell, que terá clock de 3,2 GHz e performance total de 2,18 teraFlops, mais que o dobro do Xbox 360. O número de núcleos não foi confirmado. O PlayStation 3 terá memória principal de 256 MB do tipo XDR e mais 256 MB do tipo GDDR (freqüência de 700 MHz) para vídeo. O Xbox 360 tem 512 MB GDDR3 (freqüência de 700 MHz) para uso geral.
Haverá inúmeras portas para o PlayStation 3: uma para disco rígido destacável de 2,5 polegadas e seis de USB 2.0 (quatro na frente e dois atrás do console). Também haverá slots para diversos cartões de memória como o Memory Stick Duo, SD e Compact Flash.
As saídas compreendem dois conectores de HDMI, um de Multi Out, uma saída ótica SPDIF e uma porta de rede de um gigabits por segundo. O novo console poderá conectar até sete controles via Bluetooth, uma tecnologia sem fio.
O chip gráfico (GPU), de tecnologia da nVidia, se chama RSX, abreviatura de Reality Synthesizer. O chipset terá precisão de pixel de 128 bits, resolução de 1080p (1080 linhas em progressive scan), a mais alta definição entre videogames. A GPU terá mais de 300 milhões de transistores, mais numeroso que qualquer placa disponível comercialmente na atualidade. Será feito em tecnologia de moldes 90 nm e oito camadas de metal. Terá o poder equivalente a dois GeForce 6800 Ultra juntos, que custam cerca de mil dólares nos Estados Unidos.

O RSX terá mais 512 MB de memória para renderizar gráficos e será capaz de 51 bilhões de operações de pixels por segundo e 100 bilhões de operações de shader por segundo. Para mostrar na prática o poder do console, foi mostrado um vídeo-demonstração do "Unreal Engine 3", da Epic Games, rodando um game similar a "Unreal Tournament 2007".

Tim Sweeney, da Epic Games, afirmou categoricamente que o console é "fácil de programar" e que o recebeu há apenas dois meses. Para provar que demonstração foi em tempo real, Sweeney manipulou a câmera e fez operações de zoom no demo.

O PlayStation 3 terá recursos multimídia poderosos, como chat de vídeo, acesso rápido à Internet e organizador de mídia (foto, vídeo e som). O presidente da Sony Computer Entertainment, Ken Kutaragi, classificou o produto como o "super computador para o entretenimento".

PS3

PS3 Controller
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

segunda-feira, maio 09, 2005

AMD Lança processador com dois núcleos para desktops

Após anuncio há alguns dias, a AMD lançou para testes o seu novo processador Athlon 64 X2, o novo processador com dois núcleos(dual-core) no mesmo chip. O processador está disponível em 4 modelos no momento e para as placas-mãe com socket 939 ja disponiveis no mercado para o Athlon XP 64. As velocidades disponíveis e a quantidade de cache por núcleo são:

- Athlon 64 X2 4200+ 2.2GHz 512KB
- Athlon 64 X2 4400+ 2.2GHz 1024KB
- Athlon 64 X2 4600+ 2.4GHz 512KB
- Athlon 64 X2 4800+ 2.4GHz 1024KB

Os precos sao altos nesse momento, ultrapassando até mesmo a linha Athlon FX, esta com um único core no momento.
Alguns testes comparativos já estão aparecendo nos sites especializados em hardware e os resultados são muito bons. Para aplicações que suportam múltiplas threads ou para a execução de vários processos simultâneos, o ganho de performance é muito bom.
Em um teste, foi executado em um processador Athlon 64 single-core um programa anti-virus, o iTunes importando um CD de áudio e o jogo Doom3. Com esse processador, a importação das musicas ficou extremamente prejudicada pelo antivírus e o jogo Doom3 nem mesmo executou.
O mesmo teste foi feito com o novo Athlon 64 X2 e o com ambas as tarefas rodando, o jogo foi executado sem problemas de travamento ou lentidão.
Mais uma vez a AMD passou a perna na Intel lançando seu processador Dual-Core assim como ocorreu com o lançamento do primeiro processador 64bits.

Reviews:

The Tech Report
The Register
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

quarta-feira, maio 04, 2005

Projeto de Midia Molecular permite gravações utilizando atomos e celulas.

O grupo de Nanotecnologia Computacional da universidade de Swinburne na Austrália, liderado pelo professor Dr. Cameron L. Jones está trabalhando em um projeto de Mídia Molecular que possibilita a manipulação computacional de textos, sons, imagens e vídeos utilizando células e átomos em escalas microscópicas.

O projeto já efetuou mixagens em algumas músicas, criou imagens e alterou vídeos utilizando compostos microscópicos e alguns exemplos dos trabalhos estão disponíveis no site.

A página do projeto contem diversas referências a artigos científicos, informações sobre o grupo e o líder do projeto.

Different fractals can be modeled in Mathematica.  This image is a variant of the Koch island, called the Gosper Island - and was printed using thermal ink onto the data surface of an audio CD-R.  This shape interferes with playback, thereby generating a temporal remix of the original music under nonlinear feedback control modulated by error-detection/correction.
Fractal impresso termicamente em um CD-R
Referencia enviada por Sergio Kulpas
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

Primeira e única Conferência de Viajantes do Tempo no MIT

Pela primeira - e única - vez, o pessoal do MIT(Massachusetts Institute of Technology) está organizando uma conferencia para viajantes do tempo. A conferencia é única, pois pessoas de qualquer local e de qualquer época poderão participar. A organização precisa da ajuda de todos para a divulgação do evento, pois quanto mais pessoas souberem, maior a quantidade de pessoas do futuro estarão presentes.

Infelizmente, nós do presente apenas poderemos ver a convenção desta vez, pois no atual momento ainda não temos a tecnologia para viagens temporais, mas contamos com as pessoas do futuro e esperamos que eles nos deixem seus segredos para que no futuro possamos participar novamente dessa mesma convenção.

A convenção acontecerá no MIT, East Campus Courtyard no sábado, 07 de Maio de 2005 a partir das 10:00pm. Os presentes deverão levar comida e bebida, e os viajantes do tempo devem levar provas de que vêm mesmo do futuro (algo simples, tal como a cura da AIDS ou do câncer já serve).

Referência enviada por Sergio Kulpas.
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

terça-feira, maio 03, 2005

Lançamento do MacOS X Tiger

Sexta-Feira, 29 de Abril foi o lançamento oficial do MacOS X Tiger, o novo sistema operacional para a plataforma Macintosh da Apple. Como era esperado por muitos, as mais de 200 novidades do novo sistema causaram um grande rebuliço nos mais diversos sites e especialistas.

Dentre as mudanças, o novo Dashboard, um aplicativo que permite a colocação de pequenos "widgets", ou seja, pequenos programas no fundo do desktop para os mais diversos usos como por exemplo cotações de moedas, feeds de blogs, previsão do tempo entre outros que acompanham e mais alguns disponíveis para download no site da Apple.

O spotight, uma ferramenta de busca que cria um indice de todos os programas, arquivos e documentos facilitando sua busca e possibilitando até mesmo a criação de chamados "Smartfolders", pastas na qual seu conteúdo é baseado em regras de busca. Com essa ferramenta, um usuário pode criar um smartfolder com todo o conteudo que possua a palavra "curriculo", aonde a ferramenta colocará um link para os documentos que contenham a palavra nessa pasta inteligente facilitando para o usuário a busca de arquivos em muitas pastas.

Diversos sites de notícias fizeram reviews muito completos sobre a instalação, e as mudancas principalmente de velocidade, sendo que alguns reportaram até 20% de melhora de performance com a nova versão.

Seguem os links para diversos reviews:

Anandtech
ArsTechnica
CNet
OSNews
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

sexta-feira, abril 29, 2005

Sociologia no século 21

O famosíssimo MIT Media Lab está conduzindo um experimento em sociologia urbana que une experimentação sociológica com alguns dispositivos tecnológicos dos mais modernos à disposição do público (do público que pode se dar ao luxo de freqüentar o MIT, claro). Trata-se do Reality Mining, como é chamado o projeto

O objetivo é captar informações acerca do comportamento dos voluntários – 100 alunos do MIT –, modelar este comportamento e prever as ações dos mesmos. Por trás do experimento está o fato de que nossas vidas são movidas à base de rotinas. De ciclos repetitivos de curta duração como levantar para tomar água ou ir ao banheiro, até ciclos de longa duração como viajar nas férias, nosso dia-a-dia tende a ser regido por um conjunto de rotinas mais ou menos entrópico, isto é, mais ou menos sujeito à desorganização.

Através de um conjunto de aplicativos e de celulares capacitados para os protocolos Blue Tooth (curta distância) e GSM (longa distância), os alunos esperam coletar 8 meses de dados referentes às atividades dos participantes, o equivalente a 60 anos de informação. A partir daí o trabalho passa pela modelagem do comportamento dos participantes e de um sistema de previsão comportamental dos mesmos. (curta distância) e

No site do experimento existe um aplicativo em shockwave que permite a visualização espacial dos dados coletados até agora. No mapa pode-se visualizar as idas e vindas dos voluntários e as ligações que os mesmos realizam ao longo dos dias.

O visuallizador de imagens do Reality Mining, do MIT Media Lab
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

As coisas tendem a esquentar por aqui...

De acordo com o site da revista NewScientist, um novo estudo acerca da temperatura global indica que a Terra absorve mais calor do que irradia para o espaço. Este fenômeno atualmente ocorre a uma taxa de absorção de 0,85W por metro quadrado, o que equivale a algo em torno de 7 trilhões de lâmpadas de 60W constantemente ligadas ao longo do planeta.

Esta questão do aquecimento global em função do efeito estufa (concentração de dióxido de carbono na atmosfera, o que impede a irradiação de calor para fora da Terra) já não é nova. A controvérsia se estabelece quando cientistas contrários à idéia do aquecimento global desenvolvem miríades de teorias que explicam cada um dos fenômenos creditados ao suposto efeito estufa. O processo é muito semelhante aos esforços empreendidos anteriormente pelas empresas de cigarro para contra-atacar evidências de que o cigarro causa câncer, ou mesmo às teorias pseudo-científicas dos Criacionistas para demonstrar as “mentiras” da Teoria da Evolução. Se for o mesmo caso, isto é, se for um esforço deliberado para tapar o sol com a peneira, não faltam motivos: reduzir a emissão de CO2 significa reduzir a atividade industrial como um todo, pois a indústria global ainda depende de fontes não renováveis de energia para existir. O resultado de uma redução nas atividades industriais que provocam o efeito estufa seria, dizem os economistas, uma crise econômica de proporções desastrosas.

Enquanto isso vamos caminhando em direção a resultados também catastróficos. O estudo da NewScientist indica que já é possível medir os resultados do efeito estufa, e de prever matematicamente como este efeito poderá afetar o planeta a curto, médio e longo prazo. As conclusões são óbvias: se fizermos algo para reduzir o aquecimento global imediatamente, ainda dá tempo de evitar o pior (ênfase no termo “ainda”); caso contrário, “armadas” de icebergs, redução das calotas polares, aumento de metros no nível do mar e outros efeitos que tais estarão irreversivelmente na pauta das gerações vindouras.

Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

quinta-feira, abril 28, 2005

Migração PC -> Mac e como rodar o MacOSX no seu PC.

Em mais uma das minhas incursões pelo mundo Mac (sim, quanto mais eu leio, maior é a vontade de ter um) encontrei uma série de artigos do site bit-tech.net . Um site focado em reviews de hardware, acessórios e case-mods de PC´s. Um dos colunistas do site escreveu uma série de artigos até mesmo com um pouco de ironia porem muito explicativos sobre a migração dele dos PC´s para os Mac´s. A série é composta de três artigos. O primeiro gira em torno dos motivos da mudança, os objetivos e o que era esperado. No segundo, a chegada do novo Mac (um powerbook). O autor mostra desde a abertura da caixa até a interface do MacOS X e no terceiro artigo são mostrados os programas utilizados no dia a dia comparados com seus similares do mundo PC.

Alem disso, há um artigo sobre o MS-Office 2004 para Mac muito interessante expondo as similaridades e diferenças da versão Mac e PC. Uma leitura interessante pois esta é uma das principais ferramentas de qualquer usuário seja ele de PC ou Mac.

Outra opção para quem nunca usou um Mac, mas gostaria de conhecer o MacOSX e tem um PC muito bom mas não tem a pretensão de rodar o sistema com velocidade comparável a um Mac real(fica bem lento) é utilizar o emulador de plataforma Powerpc chamado PearPC. Com esse emulador para Windows ou Linux, é possível instalar o MacOSX em um disco virtual criado como um arquivo e usar o sistema operacional da Apple com algumas limitações. Nesse momento o emulador não suporta som e dispositivos conectados via USB. A Internet é acessada através de uma interface virtual criada no Windows.

Para usar o emulador, é necessário o download do programa(os primeiros arquivos sao os mais novos e mais rapidos), e a imagem dos cd´s de instalação do MacOSX em formato ISO(as opções são conseguir os CD´s emprestados de quem tem um Mac ou usar as conhecidas redes P2P ou bittorrent, são 3 CD´s e somam mais de 2Gb de download), nesse momento o mais recomendado é o MacOSX 10.3 Panther porem alguns usuários já estão rodando o 10.4 Tiger no emulador. Após isto, somente siga esse guia passo a passo para configurar e instalar o emulador e o MacOSX. Aparentemente, lendo o guia do site, a tarefa é um pouco complicada, mas fiz todos os procedimentos e tudo é realmente simples se seguido.

Apenas lembre-se de duas coisas:

1- Se você não possui um PC realmente rápido a chance de ver o MacOSX iniciar na sua maquina são pequenas.
2- Não espere velocidade, o sistema fica muito lento porem é possivel ver as diversas aplicações e qualidades do MacOSX bem na sua frente.

Não é recomendável usar o MacOSX no emulador PearPC para um ambiente de trabalho no dia a dia pois é inviável devido a velocidade, apesar disso, fui surpreendido porque esperava uma velocidade muito menor. Apenas para se ter uma noção, o sistema levou aproximadamente 50 minutos para ser instalado e aproximadamente 1 a 2 minutos para inicializar em um PC AMD Athlon64 3000+ com 512Mb de memória.

Como todas as referencias de artigos e guias estão em inglês, em breve postarei um breve resumo de como instalar, configurar e usar o emulador.
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

terça-feira, abril 26, 2005

A moto

A agência de design Robrady acaba de lançar esta nova moto-conceito, a rMoto. Trata-se de uma motocicleta elétrica com um design... assim... tipo... bem, veja por você mesmo na foto abaixo e tire suas próprias conclusões. Meus adjetivos não seriam apropriados para um blog de família como este.

As tecnologias que farão parte desta coisa linda incluem gerenciamento de bateria, iluminação ultra-eficiente e capacidade de comunicação embarcada.

Ainda é cedo para se falar em preço, e a Robrady ainda não tem um protótipo funcionando, ao contrário da Vectrix, a scooter elétrica da mesma empresa, que já foi mostrada em exposições na Europa.

A rMoto, a moto-conceito elétrica da Robrady


Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

Mac´s são mais caros que PC´s? Acho que não.

Continuando na linha PC´s e Mac´s , Leland Scott do site Musins from Mars, fez um comparativo de preços com o objetivo de derrubar o mito(lembra Mythbusters não?) de que computadores da Apple são mais caros do que PC´s Dell. Com uma explicação muito clara e simples comparando itens como velocidades de processadores e suas arquiteturas, opções de atualização entre os dois sistemas e algumas opções de softwares inclusos, Leland criou 5 categorias de comparação entre a Apple e a Dell indo desde computadores para desktops, workstations e notebooks.

Resumindo o que o grande artigo (que realmente vale a pena ler) concluiu é que em configurações semelhantes com as mesmas opções e periféricos, os computadores da Apple (sim, da Apple) são mais baratos do que PC´s da Dell. Essa comparação utilizou os preços dos websites das duas empresas nos USA portanto não se assuste ao fazer a mesma comparação aqui em terras tupiniquins.
Isto me faz crer que em um futuro breve me tornarei um usuário de um Mac, provavelmente um Mac Mini pois é o melhor custo beneficio aqui em terra Brasilis, permitindo até mesmo usar o novo sistema operacional que a Apple lançará no dia 29, o MacOSX Tiger.
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

Microsoft lança concurso de design

Já não é mais novidade que vem aí mais uma versão do Windows, dessa vez apelidada de Longhorn (tecnicamente um bovino de origem espanhola muito comum no sudoeste dos EUA, mas que traduziremos mais literalmente como “Chifrudo”). Para comemorar o lançamento de mais esta versão e também para celebrar os 20 anos do Windows – para mim o equivalente às nações européias em 1367 quererem comemorar os 20 anos da Peste Negra – a Microsoft decidiu lançar um concurso de design de computadores pessoais na esperança de reduzir o gigantesco abismo que separa as máquinas Wintel dos computadores produzidos pela Apple. Desde 1984 o Macintosh e seus descendentes vêm dando baile na concorrência, tanto em termos de design externo quanto em design de software e usabilidade, enquanto as máquinas Wintel vêm dando banho apenas em quesitos mais prosaicos, tais como enriquecer Papa Bill e alegrar os hackers do mundo todo, anualmente abençoados com dezenas de falhas de segurança.

Para os desenhistas industriais de plantão: as submissões serão possíveis a partir de 18 de maio, e serão aceitas até 03 de outubro. O prêmio é de US$125.000,00.

Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

segunda-feira, abril 25, 2005

Microsoft lança WindowsXP 64bit

A Microsoft finalmente lançou a versão 64bits do WindowsXP abrindo caminho para os desenvolvedores a portar e desenvolver seus softwares para a nova plataforma que conta com processadores da AMD com a linha Athlon64, AthlonFX e Opteron, e da Intel com a linha Pentium 4 com instruções EMT-64.

Segundo agencias de noticias, a versão 64bits do sistema operacional terá o mesmo preço do sistema 32bits. De acordo com a CNET, o produto não aparecerá tão brevemente nas prateleiras, mas será enviado para distribuidores OEM.

A Microsoft afirma que o novo sistema tem mais de 16000 drivers para dispositivos, mas diz que algum hardware mais antigo pode não ter seus drivers incluídos.

Um plano de upgrade da versão 32bits para a versão 64bits está disponível nos USA, vamos ver como as coisas acontecerão por aqui.
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

sexta-feira, abril 22, 2005

Certos erros não deveriam ser cometidos

A fonte não é das mais sérias, mas a história é verdadeira e foi publicada por outros sites e blogs de notícias online. Mas como foi o site sensacionalista The Inquirer quem publicou primeiro, vamos dar crédito onde o crédito é merecido.

O professor Jasper Rine da Universidade de Berkeley terminou sua aula a uma das turmas nesta semana de uma maneira inusitada: anunciando que algum dos alunos presentes roubou seu laptop, provavelmente em busca da prova que será aplicada em breve. Ledo engano. O próprio professor anunciou o roubo - em frente a toda a classe - citando que o responsável foi esperto o bastante para não se logar na rede do campus, mas ainda assim cometeu 3 erros: não tirou Windows da máquina (a mesma cópia instalada no desktop do professor), o que sinaliza em meros quinze minutos aos “meninos do Uncle Bill Gates”, em Redmond, que há dois computadores no campus com a mesma cópia de Windows; não tirou o cartão wireless nem desabilitou o transponder da máquina, o que permite que se identifique onde o computador estava todas as vezes que foi ligado no campus.

Ainda segundo o professor Rine, os problemas do responsável estão não no fato de ter roubado o laptop em si, mas sim em pelos dados que estão no disco. São 3 tipos de dados que podem enviar o jovem para uma prisão federal por um bom tempo: dados no valor de 100 milhões de dólares referentes a um processo judicial do National Institute os Health (NIH); segredos industriais de uma empresa de biotecnologia (a maior dos EUA, segundo o professor) listada na “Fortune 1000” e para a qual ele presta consultoria; e dados de uma empresa que estuda lançar ações na bolsa de valores. Nos 3 casos existem agências federais que investigam questões de segurança relacionadas aos dados, sendo que uma delas é o FBI. Junte-se a isso o fato de que, sempre segundo o professor, existe uma “foto parcial” do responsável e duas testemunhas oculares, e não precisa ser gênio para saber que o dito responsável está frito.

Dá medo de ver (precisa do BitTorrent), ouvir, ou simplesmente ler o que o professor disse. Fica a dica para professores de todos os níveis: se algum dia passarem por alguma situação semelhante, experimentem matar seus alunos de susto, e quem sabe assim recuperem a propriedade roubada.

Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

quinta-feira, abril 21, 2005

A próxima geração de radares de velocidade

O site TheNewspaper.com relata essa que é, pelo menos para os pés-de-chumbo de plantão, uma má notícia. A Universidade da Floria – utilizando uma bolsa de US$5M da Força Aérea dos EUA – desenvolveu um software que consegue definir a velocidade de um automóvel a partir dos dados coletados por uma simples filmadora. O sistema é 100% passivo, isto é, não envia sinais de qualquer tipo para definir a velocidade dos automóveis, o que impede sua detecção. O software simplesmente aplica um algoritmo sobre as imagens coletadas e determina a velocidade do automóvel através do tempo que o mesmo leva para cobrir distâncias relativas a um ponto fixo, seja um objeto (como um poste) ou a própria paisagem de fundo.

O que isso significa? Significa que se você tem um detector de radares, o mesmo não vai valer nada quando esta tecnologia estiver disponível para as autoridades. Significa também que os radares fixos (baseados em conjuntos de espiras “enterradas” no asfalto) deixarão de se popularizar, o que vai nos impedir de saber de antemão onde estão essas infames fábricas de multas. Com a redução de custo proporcionada pela ausência de sensores sofisticados (de fato, uma câmera de vídeo das mais simples é suficiente para coletar as imagens necessárias), essas porcarias poderão ser utilizadas de forma ampla, geral e irrestrita. A detecção da velocidade fica totalmente a cargo do software, que certamente caberá em um dispositivo simples e barato de processamento.

É claro que se alguém reclama de uma iniciativa dessas, recebe na testa algum relatório de como a proliferação dos radares reduz acidentes de trânsito. Certamente que neste ponto na dá para chiar, óbvio. Contudo, se você vive em uma cidade que – como a minha – tem locais onde há 2 ou mesmo 3 radares “enfileirados” em algumas avenidas, ou onde há radares para 60km/h logo na saída de rodovias onde a velocidade permitida é de 100km/h, não dá para deixar de sentir que o governo tem objetivos bem mais financeiros que simplesmente a redução de acidentes.

Em suma estes dispositivos têm potencial para se tornarem mais dores de cabeça para os apressados do que chagar atrasado aos compromissos diários.
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

Como verificar sua atividade no Google

O site de notícias da revista Wired publica um artigo interessante sobre mais um novo seviço disponibilizado pelo Google. Trata-se do My Search History, que quando é (gratuitamente) ativado permite ao usuário verificar suas buscas passadas. A lista é organizada por data, e pode-se buscar por uma busca realizada sem que esta nova busca afete o histórico (esta frase está confusa o suficiente para você?).

É uma ferramenta interessante sob dois aspectos. Em primeiro lugar, muitas vezes não guardamos em nossos “Favoritos” os sites que encontramos no Google, e este novo serviço de busca pode auxiliar – e muito – quando quisermos reencontrar alguma referência perdida. Por outro lado, em casa podemos ter outros indivíduos utilizando nosso login para navegar pela Web (em meu caso, por exemplo, meu filho de 10 anos utiliza minha conta ou a conta de minha esposa). Neste sentido, esta é uma ferramenta útil no controle de como nossos filhos utilizam a Internet. Fica fácil saber o que os pimpolhos andam buscando via Google.

E antes que você pense “peraí, mas lá também estão logadas as minhas buscas, e meu passado me condena!” devo acrescentar: o serviço só é ativado a partir de um cadastro, que gera login e senha (se você já tem uma conta no GMail, já está cadastrado, porém com a conta inativa). Somente a partir daí seu histórico (e de quem mais utilizar sua conta) passa a ser arquivado. Uma vez ativo, o serviço pode ser interrompido (opção Pause) durante o tempo que o usuário achar conveniente. Só não vá dizer isso para seu filho, nem dar-lhe seu login e senha no Google...

Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

quarta-feira, abril 20, 2005

Brasil cai em ranking de negócios na Web

O IDGNow publicou hoje que o Brasil caiu no ranking da European Intelligence Unit (EIU), que compara as condições para e-Business e as oportunidades de negócios em 65 países. No ano passado, segundo relato de 2004 da WorldTelecom, o Brasil era o 35o país no ranking (entre 60 pesquisados), perdendo na América latina apenas para o Chile. Não só caiu para 38o no ranking mundial, como também foi ultrapassado pelo México na América Latina, sendo atualmente o 3o.

A nota do ano passado foi de medíocres 5,56 (de 0 a 10), enquanto este ano caímos para mais medíocres ainda 5,07. Contudo, se o combate à fome é zero, imagino que nossa Internet ser 5 já é alguma coisa...
Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

Olhe para as estrelas.... no teto do seu quarto.

Homestar
Com a enorme quantidade de poluição que se acumula nas grandes cidades, ver as estrelas se tornou uma coisa praticamente impossível nos dias de hoje. Pensando nisso, o japonês Takayuki Ohira criou o HOMESTAR, um planetário portátil que tem capacidade de projetar mais de 10000 estrelas no teto do seu quarto. Outra excelente utilidade desse planetário é na educação facilitando o aprendizado de estrelas e constelações.

O "brinquedo" custará aproximadamente $350.



Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

Novo álbum do Oasis vaza para a Net

“Don’t Believe The Truth”, o novo álbum do grupo inglês Oasis tem data marcada para lançamento em 16 de maio próximo. Contudo, um vazamento anunciado ontem pelo site contactmusic pode mudar os planos da Sony (a gravadora do Oasis). Descobriu-se que um usuário do serviço de leilão eletrônico eBay que atende pelo nome de KBROWN123 estava leiloando uma “cópia rara” do álbum ainda inédito. Supostamente este usuário ganhou mais de US$570,00 com este procedimento ilegal antes de parar (e sumir do mapa, por enquanto).

O caminho deste conteúdo ilícito o levou inevitavelmente aos programas de compartilhamento peer-to-peer, como já informam os sites slicknews e Addict3d. Mais da metade das músicas do álbum já podem ser encontradas e baixadas utilizando-se o BitTorrent, e a gravadora estuda minimizar os prejuízos adiantando a data do lançamento.

A Sony suspeita que vazamento tenha se dado através de uma das cópias promocionais que normalmente são distribuídas para críticos e para a mídia especializada, e avisa que estas cópias são marcadas digitalmente, o que permite chegar à fonte do vazamento. Isso se o pirata em questão tem um QI inferior a 80 e não removeu a marca antes codificar o conteúdo em MP3.

Português  |  English

0 Comentários:

Postar um comentário

terça-feira, abril 19, 2005

Construa seu próprio teclado

O slogan do dispositivo diz mais ou menos o seguinte: “Estamos em 2005. A tecnologia de computadores pessoais tem evoluído numa velocidade incrível. Então porque você continua usando uma máquina de escrever para jogar?”.

Trata-se do DX1 Input System, um novo paradigma de dispositivo de entrada. As teclas são soltas, podendo ser posicionadas em qualquer lugar da base, e se comunicam via sinal de rádio com a mesma. O usuário tem liberdade total de criar suas próprias configurações para diferentes jogos, e pode até mesmo gravar macros para a utilização em diferentes programas. O pacote básico vem com 25 teclas programáveis, e a empresa vende teclas avulsas. O preço é um tanto salgado (US$150,00 lá), mas a empresa aposta em um mercado de power users não só de jogos, mas de aplicações que requerem várias seqüências de teclas para a realização de tarefas, tais como aplicativos de desenho gráfico, engenharia, edição audiovisual, etc.

O DX1 Input System é um teclado customizável lançado pela Ergodex.
Português  |  English

2 Comentários:

Anonymous carol disse...

hahahahaah...já imaginou eu mexendo com teclinhas soltas? hahahaaha....
bjos

4/19/2005 9:58 PM  
Blogger Carlos Eduardo disse...

O site do Tom´s Hardware fez um review desse "teclado" a alguns dias, inclusive mostrando a colocação das teclas e as telas de configuração.

Segue o endereco com o review(em ingles) desse teclado que recebeu o selo de "Must Have" de Março de 2005 pelo Tom´s Hardware:

http://www20.tomshardware.com/game/20050308/index.html

4/20/2005 8:29 AM  

Postar um comentário